segunda-feira, 8 de abril de 2013

Setembro: Histerossalpingografia

Como refiz o blog, algumas coisas não foram contadas, então resolvi fazer uma atualização rápida do que ocorreu depois da gestação ectópica.

Em julho tive a GE, em setembro fiz a Histerossalpingografia.

Esse exame tem o objetivo de verificar as trompas, a permeabilidade, se ha ou não obstrução  etc... tbm da uma checada no útero, o formato, se é dividido ou não.
Como eu tinha tido uma gravidez na trompa, pedi para minha medica solicitar tal exame. afinal precisava chegar a trompa esquerda, a "sobrevivente",

Nomeei o exame carinhosamente de : mal estar generalizado de 10 minutos.
Sim o exame não é a melhor coisa que passei, mas tbm não é  a pior.

Eles injetam um contraste iodado através do canal vaginal e vão tirando raio x. Doi pq o contraste preenche o útero, as trompas e cai na cavidade abdominal, é um mix de cólica e enjoo rápido.

Depois do exame veio o laudo: por ele: tudo normal. permeabilidade e prova de cotte bilateral, ou seja: o contraste passou. Claro q fiquei super feliz, imagina! tinha não somente uma, mas as duas trompas funcionando, mesmo apos uma gestação tubária.... só que não (falei nos próximos posts).

Guardei o laudo e também a fotografia, o raio x. Isso foi muito importante posteriormente.

0 comentários:

Postar um comentário